Receita Federal destrói 3.200 toneladas de produtos contrabandeados em todo o país, como parte do 14º Mutirão Nacional de Destruição, para marcar o Dia Nacional de Combate à Pirataria (Divulgação Receita Federal)

Apreensão de produtos pirata e contrabandeados em 2015 chega a R$ 1,8 bilhão

Ao longo de 2015, a apreensão total de mercadorias realizada pela Receita Federal em ações de combate ao contrabando, à pirataria e a outras irregularidades aduaneiras chegou a R$1,889 bilhão. O valor é 4,86% maior do que em 2014, quando foram apreendidos R$ 1,801 bilhão, e inferior, apenas, ao registrado em 2012 (R$ 2,025 bilhões).

De acordo com a Receita, os destaques foram armas e munições – que superaram em 43,16% o valor arrecadado em 2014 – e medicamentos, com apreensões em valores 97,73% acima do ano anterior. As apreensões de pneus alcançaram valor 122,64% superior às de 2014.

Segundo a Receita, os números retratam a evolução do trabalho do Fisco, com o uso de técnicas de gestão de riscos. Os novos métodos utilizados permitem que as equipes se concentrem em determinadas pessoas ou alvos com maior probabilidade para tentar fraudar importações ou exportações.

A Receita informou também que as apreensões ocorreram nas áreas de fiscalização, repressão, vigilância, remessas internacionais e bagagem.

Fonte: EBC Agencia Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *