Foto: Nilson Winter HC recebe abraço pelos 85 anos

Cerca de 300 pessoas da comunidade e colaboradores do Hospital Centenário participaram do abraço simbólico pelos 85 anos da instituição, na manhã de hoje (15). Além do abraço, os participantes acompanharam uma bênção do padre Ramiro Mincato, representante da Comissão de Pastores, Padres e Visitadores Espirituais do HC, do pastor Adalberto Dutra e das irmãs ministras dos enfermos do São Camilo, de Esteio. Ao final da celebração, após o parabéns, uma torta doada pela Panificadora Venipan foi servida aos presentes.

O presidente da Fundação Hospital Centenário, Gilso Gotardo, comemorou a participação de todos que demonstraram o carinho ao hospital que é referência para 31 municípios da região. “Esses 85 anos marcam uma nova fase do Hospital Centenário. Queremos trazer a modernidade para São Leopoldo sem deixar de lado as tradições que até agora nortearam o trabalho desta casa de saúde, que é responsável por salvar muitas vidas.”

A força do nome Centenário e a vontade de torná-lo uma instituição de ensino com a chegada do curso de Medicina para Unisinos foi reforçada pelo prefeito Anibal Moacir. “Realizamos aqui procedimentos dos mais simples aos mais complexos do Estado. Já ensinamos futuros profissionais, pois temos residentes. Então, agora, com esse novo Complexo Hospital Centenário queremos torná-lo um hospital-escola.”

Complexo Hospitalar Centenário

O projeto do Complexo Hospital Centenário foi apresentado em dezembro à população e contempla a reforma, ampliação e modernização de toda a estrutura do HC. A nova estrutura, que deverá ser erguida paralelamente à reforma do prédio já existente, deve contemplar ainda um prédio garagem, um hotel para eventos e um centro de especialidades médicas – área privada que ajudará a dar sustentabilidade financeira ao hospital. A área construída aumentará de 16 para 36,5 mil metros quadrados, e sua estrutura atual será adaptada e reformada. O investimento calculado deve circular em torno de R$ 176 milhões na reforma, ampliação e modernização.

Entre as principais características do novo Centenário estão a sua sustentabilidade, o atendimento de saúde suplementar, a geração de renda à Fundação via empreendimentos imobiliários, a humanização dos espaços e a preparação para as funções do ensino médico. O HC terá 105 novos leitos SUS, que se somarão aos 220 já existentes, e outros 125 voltados à saúde suplementar. A capacidade do Pronto Socorro saltará de 300 para 700 atendimentos de emergência por dia. Já o bloco cirúrgico, hoje com seis salas, terá 13. A ampliação também se estende ao Centro Obstétrico e à alta complexidade.

Os detalhes de como é e como será: 

Atual

– Hospital Geral atende exclusivamente SUS;

– 220 leitos SUS;

– 10 leitos UTI adulto e 10 Neonatal;

– Bloco com 6 salas cirúrgicas;

– C. O. com 2 salas P. P.;

– P. S. para 300 atendimentos dia;

– 16 mil m2 de área construída;

– Alta complexidade e referência

para outros municípios em

Oncologia (quimio e radio),

Neurologia / neurocirurgia e Nefrologia.

 Novo 

– Hospital Geral / Ensino, sendo 70% SUS e 30% saúde suplementar;

– 325 leitos SUS e 120 saúde suplementar;

– 40 leitos de UTI adulto, 20 neonatal e 10 pediátrico;

– Bloco com 13 salas cirúrgicas;

– C. O. com 2 salas cirurgicas e 5 PPP;

– P. S. para 700 atendimentos de urgência e emergência/dia;

– 36,5 mil m2 de área construída;

– Oncologia (Diagnóstico, cirurgia, quimio, radio e radiocirurgia), Neurologia/neurocirurgia com especialização em cirurgia da epilepsia, Nefrologia, Cardio Vascular e Traumatologia;

– Investimento de R$ 176 milhões em reformas, ampliações e equipamentos;

– Área privada, com prédio garagem, centro clínico e hotel para eventos.

Departamento de Comunicação – Decom

Assessoria de Imprensa HC

Fonte: Prefeitura SL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *