“A reforma da previdência é condição necessária, mas não suficiente”, diz economista-chefe do Itaú

FONTE G1

O dia 18 de abril está destacado na agenda de investidores e economistas. Nesta data, será feita a apresentação do relatório da reforma da previdência na Câmara dos Deputados, o que será um divisor de águas para a expectativa de aprovação da PEC 287.
Na próxima terça-feira, o relator da Proposta, deputado Arthur Maia (PPS-BA) vai fazer a leitura de seu parecer na comissão especial da casa.

Com as delações da Odebrecht e o vendaval que abalou Brasília, este avanço da reforma da previdência será fundamental para manter os economistas com suas previsões para a atividade e a recuperação econômica esperada para o ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *