Apesar da mediação da Funai, conflito entre indígenas segue sem solução em Charrua.

FONTE G1// O conflito entre indígenas na Reserva do Ligeiro, em Charrua, no Norte do Rio Grande do Sul, já dura um mês. Mais de 400 indígenas foram expulsos das terras, e uma pessoa que estava abrigada em um ginásio municipal foi morta. Com reforço no policiamento, a cidade tenta retomar a normalidade. As reuniões com a Fundação Nacional do Índio (Funai) não chegam a um ponto final para o conflito.

Mesmo com uma nova visita de representantes da Fundação Nacional do Índio, o conflito ainda está longe de ser solucionado. A briga, que teria sido iniciada por conta de um trator, na verdade representa a disputa entre dois grupos pela liderança dentro da reserva, por conta do dinheiro oriundo do arrendamento de terras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *