Atividades de comemoração e conscientização marcam o Dia da Consciência Negra em Porto Alegre.

o Dia da Consciência Negra, o momento é de refletir sobre preconceito e desigualdade, em um país onde a população negra é maioria. No Rio Grande do Sul, a segunda-feira (21) foi marcada por diversas atividades de comemoração e conscientização.

Em Porto Alegre, uma exposição reúne o trabalho de fotógrafos negros, que também são servidores do Tribunal Regional Federal. Além disso, uma roda de conversa sobre diversidade contou com a presença da cantora Pâmela Amaro.

E na maior universidade pública do estado, uma foto comemorativa registrou a presença dos negros entre os alunos, professores e funcionários. Além da data, a imagem marca os 10 anos da adoção das políticas de cotas para o ingresso nas graduações. A foto foi mais uma atividade da programação do Novembro Negro, com atividades desde o início do mês. A programação vai até o final do mês, e pode ser conferida no site da Faculdade de Educação, organizadora do evento.

Em Rio Grande, no Sul do estado, oficinas de arte e rodas de conversa abordaram temas como o combate ao racismo. E em Pelotas, também da Região Sul, um dos municípios com o maior número proporcional de negros no estado, a tarde foi de debates, homenagens e roda de capoeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *