Com reservas em campo, Inter perde para o Athletico-PR, em Curitiba, pelo Brasileirão

FONTE: O SUL

por Kyane Sutelo
O Internacional perdeu para o Athletico Paranaense no jogo do Campeonato Brasileiro, neste domingo (14). Pela 10ª rodada da competição, o Colorado viajou a Curitiba para jogar na Arena da Baixada, mas não conseguiu vencer time da casa. O Furacão entrou em campo com pior campanha, aparecendo lá no meio da tabela, enquanto o Inter briga para seguir no G4.

Com foco na Copa do Brasil, Odair Hellmann decidiu preservar seus titulares e a maioria ficou em Porto Alegre. Apenas Marcelo Lomba e Nonato foram para o Paraná. Buscando melhor colocação no Brasileirão, Tiago Nunes colocou seus titulares para jogarem, porém sem Wellington, que está suspenso.

O primeiro tempo mal começou e a equipe Colorada já chegou ao gol de Santos. Natanael lançou para Tréllez que finalizou bem, colocando a bola na rede. Mas não estava valendo nada: o árbitro Braulio da Silva Machado marcou impedimento do colombiano. Depois desse susto inicial, no entanto, o Inter não conseguiu mais ser tão efetivo.

Como já é hábito para a torcida do Internacional, Lomba fez seu papel. O goleiro salvou uma bola perigosa de Marcelo Cirino, respingando na trave e saindo. Na sequência um contra-ataque forte do Inter com Nonato quase marcou a abertura do placar. Mas Tréllez, dessa vez em posição legal, não repetiu o feito e perdeu o gol.

A pressão dos titulares do Furacão continuou, mas o time de Odair Hellmann conseguiu jogar de igual para igual com seus reservas. Roberto fez falta em Rony e levou cartão amarelo. A partida seguiu difícil, sem boas finalizações para ambos os lados. O time gaúcho até tentou, com lançamento de Nonato, no final da etapa inicial, mas com chute fraco, Sobis não conseguiu marcar. Aos 46, terminou o primeiro tempo 0 a 0.

Na etapa complementar o Inter voltou a chegar bem na área do CPA. Aos oito minutos, Lindoso, pela direta, cruzou pra Tréllez que, de cara para Santos, perdeu a oportunidade. Aos 14, Cirilo e Marco Ruben chegaram com perigo, mas Lomba defendeu. No minuto seguinte, a estrela de Lomba brilhou novamente, e ele evitou que Nikão fizesse o gol pro Furacão.

Para tentar decidir, os dois técnicos fizeram substituições: Tiago Nunes tirou Lucho González, colocando Bruno Nazário; e Odair Hellmann tirou Sobis para a entrada de Wellington Silva. Aos 23 minutos, Lindoso reclamou demais no entendimento do árbitro e levou cartão amarelo. O Furacão chegou bem mais algumas vezes, mas não conseguia a finalização. O Inter trocou novamente, com Erik entrando no lugar de Natatnael. A equipe Colorada até viu uma chance de gol com falta de Jonathan em Welington Silva, mas Lindoso mandou pra fora, por cima do travessão.

A equipe paranaense esgotou suas alterações, na tentativa de encaixar melhor o jogo: Marco Ruben sai para entrar Thonny Anderson e Cirino deixa o campo para a entrada de Vitinho. Aos 35, falta de Sarrafiore em Bruno Guimarães e amarelo para o argentino. na sequência, o Inter também mudou, com Zé Gabriel, destaque da base, entrando no lugar de Rithely.

O jogo se encaminhava para o final no 0 a 0, quando o marcador foi alterado com uma bela jogada. Vitinho conseguiu tirar do marcador e bater bonito pro fundo das redes, sem chance pra Lomba. 1 Athletico-PR. 0 Internacional. Duas chegadas duras, já nos acréscimos, renderam cartões amarelos para Márcio Azevedo e Rony. Nada mudou no placar e o Athletico Paranaense garantiu a vitória sobre o Inter.

O próximo compromisso colorado é na quarta-feira (17), às 21h30, contra o Palmeiras, no Beira-Rio. A partida marca a volta das quartas de final da Copa do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *