Conselho do MPF prorroga por mais um ano força-tarefa da Lava Jato

O Conselho Superior do Ministério Público Federal aprovou nesta terça-feira (6) a prorrogação por mais um ano da força-tarefa da Operação Lava Jato, em Curitiba, responsável por investigação de fraudes na Petrobras. O prazo para que 11 procuradores se dedicassem exclusivamente às apurações da Lava Jato terminaria em 8 de setembro deste ano. Agora vai até setembro de 2017.
A força-tarefa, criada em abril de 2014, é composta, além dos onze integrantes fixos, pelo procurador Deltan Dallagnol, que comanda os trabalhos, e mais três colaboradores.
O conselho, presidido pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, também aprovou a prorrogação por mais um ano da força-tarefa que investiga fraudes na Eletronuclear, no Rio de Janeiro.
No Rio, investigações da Lava Jato envolvem, além de obras da Eletronuclear, desvios na obra de Angra 3.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *