Foto: Defesa Civil Arroios obstruídos

Defesa Civil começa um programa de vistoria em arroios e diques

Com o objetivo de evitar que os arroios transbordem em caso de chuva em grande volume, a Defesa Civil (DC) de São Leopoldo começou um programa de vistoria nos arroios e diques do Município, que propõe a desobstrução desses locais. O estudo realizado pela geóloga da DC Isabel Dresch verifica o estado real dos diques que estão abandonados pelo Governo Federal há cinco anos.

 

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Diogo Arns, “será observado o estado dos muros, que estando aparentemente avariados, será solicitado um laudo técnico por engenheiro e o estado das barragens de argila que com o mato sobre ela altera sua composição, e também sua resistência, podendo em um grande evento de inundação não resistir. Com isso a Defesa Civil preocupada com os possíveis desastres futuros antecipa ações de prevenção para desastres de origem hídrica, chuvas e inundação do rio”, disse. Ainda segundo Arns, o relatório será enviado à Secretaria de Obras Viárias (Semov) e às demais secretarias e órgãos necessários.

 

Conforme o documento de vistoria, as enchentes e inundações são os processos de risco que mais geram preocupação e gastos para a administração pública do Vale dos Sinos. São Leopoldo está localizado na planície de inundação do Rio dos Sinos, seu principal curso d’água, porém os arroios que nele deságuam também provocam alagamentos, ocasionada muitas vezes por assoreamento ou resíduos acumulados ao longo do seu leito. Nas valas de drenagem ao longo dos diques também se observa acúmulo de resíduos, prejudicando o sistema de macrodrenagem.

 

Departamento de Comunicação – Decom

Fonte: Prefeitura SL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *