Duzentas e quarenta aves silvestres, algumas de espécies raras, foram apreendidas com um suspeito de tráfico internacional de animais na Região Metropolitana de Porto Alegre

A Polícia Civil, com o apoio do Batalhão Ambiental da Guarda Municipal de Gravataí, prendeu um homem por crime ambiental no município da Região Metropolitana de Porto Alegre, na tarde de terça-feira (30). Na residência dele, os agentes apreenderam 240 aves silvestres, algumas de espécies raras, além de dois veículos e outros objetos, de acordo com informações divulgadas nesta quarta-feira (31).

Segundo o delegado Alencar Carraro, o indivíduo é suspeito de tráfico internacional de animais silvestres. “Também foi apreendido um caderno contendo anotações das transações comerciais envolvendo os pássaros, sendo que alguns estavam acondicionados em situações precárias”, disse Carraro.

“Além da prática de crime ambiental e dos maus-tratos contra os animais, o suspeito será investigado por lavagem de dinheiro, visando a sua descapitalização e diminuição do poder econômico. É a segunda grande apreensão de pássaros silvestres nos últimos dias realizada pela delegacia”, destacou o delegado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *