Encerrado caso Neymar: polícia decide não indiciar o jogador, acusado de estupro

FONTE: O SUL

O inquérito que tratava da denúncia feita pela modelo Najila Trindade de que neymar a teria estuprado e agredido foi encerrado nesta segunda-feira (29). O atleta do Paris Saint-German (PSG) e da seleção brasileira não será indiciado, conforme decisão da Polícia Civil.

O Ministério Público tem 15 dias para se manifestar. As promotoras do Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento à Violência Doméstica (Gevid) tem três opções: oferecer denúncia; pedir novas diligências; ou pedir arquivamento do inquérito.

A titular da 6ª Delegacia de Defesa da Mulher de São Paulo, delegada Juliana Lopes Bussacos, havia pedido, no início do mês, prorrogação do inquérito por até 30 dias para diligências complementares. Ela solicitou imagens das câmeras de segurança do hotel onde teria ocorrido o estupro e o prontuário médico do ginecologista particular da modelo. Porém, a delegada encerrou a investigação mesmo sem receber os materiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *