Feriadão de Natal tem mais mortes no trânsito em 2017 que no ano passado em estradas federais.

FONTE G1//O feriadão de Natal deste ano foi mais violento nas rodovias federais do Rio Grande do Sul que o do ano passado, segundo informou a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Foram cinco mortes em três dias de feriado, contra três em 2016.

O acidente mais grave foi registrado na tarde de sábado (24) em Maquiné, no Litoral Norte. O motorista de um caminhão perdeu o controle do veículo, que virou no acostamento. Duas pessoas morreram.

Os radares fixos continuam desligados nas BRs, após o final do contrato com a empresa responsável. “Quanto mais fiscalização nas rodovias, melhor é o comportamento dos motoristas. Portanto é um desserviço os radares estarem desligados, porque as pessoas, assim, acham que podem dirigir sem controle”, diz o agente da PRF Alessandro Castro.

Foram aplicadas 2.640 multas nas rodovias federais gaúchas, sendo 33 por embriaguez. Outra infração registrada foi a de trafegar com faróis desligados.

Nesta segunda (25), quem pegou a estrada mais cedo fez uma viagem tranquila e sem congestionamentos. “Esse é o melhor horário para viajar”, diz o corretor de imóveis Lindomar Cunha.

Na BR-386, os motoristas devem redobrar a atenção em um trecho em Nova Santa Rita, onde a reforma em uma ponte deixou o trânsito em pista simples e gera lentidão quando há um grande número de carros na via.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *