Grupo faz protesto contra a reforma da Previdência em Porto Alegre.

FONTE G1//Sindicalistas fizeram um protesto na manhã desta terça-feira (5) em Porto Alegre contra a reforma da Previdência, que está prestes a ser votada em Brasília. O ato segue um movimento nacional promovido por entidades sindicais, como a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).

A manifestação iniciou às 5h da manhã. Um grupo se reuniu no setor de embarque do Aeroporto Salgado Filho, na Zona Norte, para pressionar os deputados gaúchos que costumam viajar à capital federal nas terças-feiras.

Depois, os sindicalistas se concentraram em frente à Rodoviária, na Região Central da cidade. Eles seguiram em caminhada pela Avenida Mauá, um dos principais acessos à capital gaúcha, bloqueando a via. O trânsito ficou congestionado.

Logo, eles pararam em frente ao prédio do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), na Travessa Mário Cinco Paus, também no Centro. Do alto de um caminhão de som, os sindicalistas discursavam contra as mudanças nas regras de aposentadorias. A manifestação encerrou perto do meio-dia.

Segundo o presidente da CUT no estado, Claudir Nespolo, 800 pessoas compareceram ao protesto. A Brigada Militar informou que havia aproximadamente 200 participantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *