Homem é preso por suspeita de matar a enteada de 3 anos em Alvorada.

FONTE G1//Um homem de 19 anos foi preso na manhã desta quarta-feira (22) por suspeita de matar a enteada de três anos, em Alvorada, na Região Metropolitana de Porto Alegre. O crime aconteceu em fevereiro deste ano, na Vila Formoza, na mesma cidade, segundo a Polícia Civil.

“A mãe da vítima, uma criança de 3 anos, saiu momentaneamente de casa e deixou a filha com seu companheiro. Pouco tempo depois, o companheiro teria ligado e dito que a menina havia se afogado na banheira, enquanto ele teria a deixado para pegar uma toalha”, conta o delegado Arthur Raldi, da Delegacia de Capturas (Decap), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic).

A criança chegou a ser socorrida e encaminhada a um hospital, mas não resistiu e morreu. Inicialmente, o suspeito era tratado apenas como testemunha, mas após a conclusão do laudo da necropsia ficou constatado que a menina foi agredida com um “instrumento contundente” e morreu devido a um traumatismo craniano.

“Ainda não sabemos qual foi esse instrumento, mas a nossa percepção é que ele agrediu mesmo a menina”, afirma o delegado Edimar Machado de Souza, da Delegacia de Homicídios de Alvorada, responsável pela investigação do caso.

De acordo com a polícia, o suspeito era procurado desde o dia 8 de novembro, quando foi emitido o mandado de prisão. Ele foi encontrado em uma casa que, conforme com as autoridades, não era dele.

Mesmo após a prisão, o suspeito nega que tenha matado a menina. Segundo o relato da mãe à polícia, o ex-namorado confirmou que deixou a enteada cair no banheiro e ela chocou-se contra o vaso sanitário antes de se afogar na banheira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *