Identificado corpo de motorista desaparecida em Viamão

FONTE CORREIO DO POVO//O corpo da motorista do aplicativo Uber Alda Juliane da Silveira Coitinho, 29 anos, foi identificado nesse domingo pela família da jovem no Departamento Médico Legal (DML) da Polícia Civil. Alda Juliane estava desaparecida há quatro dias. Na quinta-feira, ela informou à mãe que iria abastecer o veículo.

O corpo da motorista foi encontrado na quinta-feira, em Viamão, onde morava, e encaminhado ao DML. O carro da vítima – um Siena dourado – estava abandonado na Estrada do Barro Vermelho, bairro Restinga, na zona Sul da Capital.

Conforme a Polícia, além de trabalhar com a plataforma de aplicativos, Alda Juliane fazia corridas por fora, mas apenas para pessoas que conhecia, segundo familiares. As causas da morte ainda não foram confirmadas pelo DML.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *