Mais meninos deixam a caverna na Tailândia no terceiro dia de resgates

FONTE: O SUL

Mais três meninos foram resgatados da caverna na província de Chiang Rai, na Tailândia, na manhã desta terça-feira (10). Ainda não há informações sobre seu estado de saúde. Ao todo, 11 pessoas já foram retiradas pelas equipes de resgate desde domingo (08).

As autoridades de saúde da Tailândia informaram que dois dos meninos resgatados entre domingo (08) e segunda-feira (09) estão com sinais de pneumonia, segundo o jornal britânico The Guardian. Todos o grupo deve permanecer por pelo menos sete dias em quarentena no hospital. Eles já conseguiram ver os pais através dos vidros.

Caverna

Os 12 meninos e o treinador de um time de futebol estavam explorando as cavernas de Tham Luang Nang Non em 23 de junho e ficaram presos quando o local alagou devido a chuvas. Eles foram localizados dez dias depois. Os meninos estão presos a cerca de 4 km da entrada da caverna e a 800 metros de profundidade. O resgate é feito por passagens escuras e apertadas, cheias de água barrenta e correntes fortes, e também sem muito oxigênio.

Por isso, cada meninos faz o trajeto usando tanques de oxigênio e acompanhado de mergulhadores experientes para evitar acidentes. O temor de uma fatalidade aumentou após um ex-mergulhador da marinha tailandesa morrer após desmaiar durante um mergulho na última sexta-feira (06). As autoridades decidiram acelerar os esforços para retirar os meninos da caverna devido à preocupação com as chuvas.

Convite para o Mundial

Os meninos resgatados não poderão viajar para final do Mundial em 15 de junho, a convite da entidade máxima de futebol, informaram os médicos no hospital de Chiang Rai, no Norte do país.

“Não podem viajar, devem permanecer no hospital durante um tempo”, declarou Thongchai Lertwilairatanapong, funcionário do Ministério da Saúde da Tailândia, em uma primeira entrevista coletiva sobre o estado de saúde dos garotos. “É provável que assistam pela televisão”, disse.

O presidente da entidade máxima do futebol, Gianni Infantino, convidou os meninos para assistir a final do torneio em uma carta divulgada no último dia 6. “Se, como todos desejamos, se reencontrarem com suas famílias nos próximos dias e sua saúde permitir que façam a viagem, a entidade ficaria feliz de convidá-los para assistir a final”, escreveu Infantino em uma carta enviada ao presidente da Federação Tailandesa de Futebol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *