Morre uma das vítimas de atropelamento por caminhão na Cidade Baixa

FONTE CORREIO DO POVO//A polícia confirmou, no fim da tarde desta segunda-feira, a morte de uma das três vítimas de atropelamento por um caminhão, na Cidade Baixa. A idosa de 67 anos havia sofrido politraumatismos e não resistiu aos ferimentos. Ela foi identificada como Maria Aparecida Corrêa Barbosa.

O acidente ocorreu por volta das 14h30min quando o motorista invadiu a calçada da rua João Alfredo, esquina com a Lopo Gonçalves. Cinco carros foram atingidos – dois VW Gol, uma Hyundai Tucson, uma Renault Duster e um Hyundai HB20. Além disso, um poste ficou rachado ao meio devido ao forte impacto do caminhão.

Os feridos foram encaminhados ao Hospital do Pronto Socorro (HPS) e Cristo Redentor. Uma outra vítima se encontra em estado gravíssimo. O motorista foi preso pela Brigada Militar.

O caminhão é de uma empresa que realiza mudanças e viagens. Segundo o proprietário da Transportadora Max Express, Max Solon Machado, o condutor não tinha autorização e habilitação para dirigir o veículo. Ele prestava serviços como diarista.

Diversas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram deslocados para a região. A rua João Alfredo está totalmente bloqueada em função do acidente. A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) informa que a Linha C3 e Lotação Menino Deus estão sendo desviadas para a avenida Praia de Belas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *