0

Na história: conheça os campeões pelo Noia e seus destinos após o Gauchão

FONTE SPORTV

//
o Grande do Sul amanhece nesta segunda-feira com uma prova bem viva de que nem toda a unanimidade é burra. Ao menos, no que diz respeito ao futebol. E ao Novo Hamburgo, campeão gaúcho com todos os méritos – e mais um pouco – neste domingo, após superar o Inter nos pênaltis, no Estádio Centenário, para ficar com uma taça histórica. O Noia escreve o nome de cada um dos integrantes da conquista na história, ao por fim a uma hegemonia de seis anos do Colorado e de outros 16 de alternância da dupla Gre-Nal.
E com uma campanha quase irretocável. O Anilado liderou o campeonato de ponta a ponta até erguer a taça. Ao todo, a equipe soma nove vitórias, seis empates e apenas duas derrotas, com 64,7% de aproveitamento, em 17 jogos. É dona de uma soberania que faz os campeões merecerem destaque perene no futebol gaúcho.
O Novo Hamburgo campeão do Gauchão 2017 (Foto: Diego Guichard) O Novo Hamburgo campeão do Gauchão 2017 (Foto: Diego Guichard)
O Novo Hamburgo campeão do Gauchão 2017 (Foto: Diego Guichard)
O GloboEsporte.com faz questão de recordar, abaixo, um por um dos principais do heróis do Novo Hamburgo na conquista do histórico título estadual, além de apresentar qual é o destino provável dos campeões, valorizados com a taça. Claro, o técnico Beto Campos, mentor da campanha, também ganha espaço abaixo.
> Conheça os 11 titulares:
>> Matheus – goleiro (17 jogos)
Nome: Mateus Franco Cavichiolli
Cidade natal: Caçador (SC)
Peso: 85 kg
Altura: 1,92 m
Data de nascimento: 27/07/1986 (30 anos)
Principais clubes da carreira: Inter-SM, Grêmio, Figueirense, Sport, Caxias, Veranópolis, Lajeadense
Na campanha: É o herói do título do Anilado, em especial pelas defesas nas duas vitórias nos pênaltis, contra Grêmio e Inter, na semifinal e na final. Atuou nos 17 jogos do Gauchão.
Futuro: o camisa 1 tem proposta do Juventude e deve defender o clube na disputa da Série B de 2017. Matheus evitou dar sequência ao negócio, para dirigir todo seu foco à final. Deu resultado.
Matheus, goleiro do Novo Hamburgo (Foto: Diego Guichard) Matheus, goleiro do Novo Hamburgo (Foto: Diego Guichard)
Matheus, goleiro do Novo Hamburgo (Foto: Diego Guichard)
>> Léo – lateral-direito (11 jogos)
Nome: Carlos Leonardo Gonçalves de Souza
Cidade natal: Ijuí (RS)
Peso: 84 kg
Altura: 1,89 m
Data de Nascimento: 18/03/1993 (24 anos)
Principais clubes: PRS Garibaldi, Caxias, América de Natal
Na campanha: foi titular na maior parte da campanha até o título, com 11 jogos.
Futuro: O jogador despertou a atenção do Joinville, com quem assinou um pré-contrato, e vai reforçar o clube catarinense para a disputa da Série C. Assinou por dois anos.
>> Pablo – zagueiro (15 jogos)
Nome: Pablo Ricardo de Souza
Cidade natal: São Gonçalo (RJ)
Peso: 91 kg
Altura: 1,92 m
Data de nascimento: 07/03/1991 (25 anos)
Principais clubes: São Carlos FC, Atlético-PR, Cruzeiro, Mogi Mirim
Na campanha: foi um dos pilares da defesa anilada ao longo do campeonato. E com regularidade: atuou em 15 dos 17 jogos do título histórico.
Futuro: tem seu destino aberto após o término do estadual. Seu contrato com o Noia se encerra com a competição.
>> Júlio Santos – zagueiro (15 jogos e 4 gols)
Nome: Júlio Cesar dos Santos
Cidade Natal: Osasco (SP)
Peso: 83 kg
Altura: 1,84 m
Data de nascimento: 12/12/1981 (35 anos)
Principais clubes: São Paulo, Vasco, Mazembe
Trajetória: o zagueiro é o atleta mais experiente do Novo Hamburgo, com direito a passagem até pelo Mazembe. Na campanha, anotou quatro gols em 15 jogos.
Futuro: o defensor já negocia sua permanência no Noia para a disputa da Série D no segundo semestre. Para sair, só se for para jogar por algum clube das Séries A ou B.
Júlio Santos deve seguir no Novo Hamburgo após o título (Foto: André Roca / GloboEsporte.com) Júlio Santos deve seguir no Novo Hamburgo após o título (Foto: André Roca / GloboEsporte.com)
Júlio Santos deve seguir no Novo Hamburgo após o título (Foto: André Roca / GloboEsporte.com)
>> Assis – lateral-esquerdo (16 jogos)
Nome: Francisco de Assis Costa e Silva
Cidade natal: Nazaré do Piauí (PI)
Peso: 75 kg
Altura: 1,77 m
Data de nascimento: 09/03/1986 (30 anos)
Principais clubes: Confiança, Mirassol, 15 de Piracicaba
Na campanha: Assis é um dos destaques do Novo Hamburgo no Gauchão. Titular absoluto, atuou em 16 partidas e com poder decisivo. No jogo de ida da final, anotou o segundo gol do empate em 2 a 2 com o Inter, no Beira-Rio.
Futuro: após o título histórico, tem o futuro aberto. Seu contrato com o Noia acaba ao final do Gauchão e o jogador já teria sondagens de clubes da Série B.
Assis, lateral do Novo Hamburgo (Foto: Diego Guichard) Assis, lateral do Novo Hamburgo (Foto: Diego Guichard)
Assis, lateral do Novo Hamburgo (Foto: Diego Guichard)
>> Amaral – volante (15 jogos)
Nome : Anderson Omar Lima da Rosa
Cidade Natal: Cruz Alta (RS)
Peso: 73 kg
Altura: 1,77 m
Data de nascimento: 21/07/1989 (27 anos)
Principais Clubes: 3 de Febrero-PAR
Campanha: o volante foi “pitbull” que guardou a defesa do Novo Hamburgo ao longo do Gauchão. Até o título, ajudou o Anilado a parar Bolaños e D’Alessandro, por exemplo.
Futuro: negocia sua permanência no Novo Hamburgo. O contrato acaba com o Gauchão.
Amaral (D), com a bola (Foto: Elenise Martins / ECNH) Amaral (D), com a bola (Foto: Elenise Martins / ECNH)
Amaral (D), com a bola (Foto: Elenise Martins / ECNH)
>> Jardel – volante (13 jogos e 4 gols)
Nome Completo: Jardel Lauermann
Cidade natal: Santo Cristo (RS)
Peso: 70 kg
Altura: 1,76 m
Data de nascimento: 28/06/1986 (30 anos)
Principais clubes: Ypiranga-RS, Juventude, Brasil-Pel
Campanha: foi um dos grandes destaques do Novo Hamburgo ao longo do Gauchão, por sua intensidade e gols. É concorrente a craque do estadual.
Futuro: Jardel tem pré-contrato assinado para defender o Londrina na Série B em 2017.
Jardel defenderá o Londrina na Série B (Foto: Reprodução / SporTV) Jardel defenderá o Londrina na Série B (Foto: Reprodução / SporTV)
Jardel defenderá o Londrina na Série B (Foto: Reprodução / SporTV)
>> Preto – meia (11 jogos e 1 gol)
Nome: João Luís da Silva
Cidade natal: Novo Hamburgo (RS)
Peso: 75 kg
Altura: 1,74 m
Data de nascimento: 12/06/1981 (35 anos)
Principais clubes: Ypiranga-RS, Portuguesa, Vitória, Atlético Goianiense
Campanha: capitão do título, Preto é o jogador mais identificado com o Novo Hamburgo, justamente por ser natural da cidade.
Futuro: aos 35 anos, Preto negocia para renovar o contrato e seguir no Noia.
Capitão Preto deve seguir no Novo Hamburgo (Foto: Adilson Germann / ECNH) Capitão Preto deve seguir no Novo Hamburgo (Foto: Adilson Germann / ECNH)
Capitão Preto deve seguir no Novo Hamburgo (Foto: Adilson Germann / ECNH)
>> Juninho – meia (14 jogos e 2 gols)
Nome: Cícero José da Silva Junior
Cidade natal: Belo Jardim (PE)
Peso: 65 kg
Altura: 1,75 m
Data de nascimento: 21/06/1986 (30 anos)
Principais clubes: Icasa-CE, Sport, Santa Cruz, América
Campanha: camisa 10, Juninho é o responsável por comandar as jogadas ofensivas do Noia mais próximo à área. Com intensidade, fez gols importantes, como na semifinal, contra o Grêmio.
Futuro: desperta interesse de clubes da Série B, como Juventude e Brasil. Não deve permanecer no Novo Hamburgo.
Juninho, meia do Novo Hamburgo (Foto: Diego Guichard) Juninho, meia do Novo Hamburgo (Foto: Diego Guichard)
Juninho, meia do Novo Hamburgo (Foto: Diego Guichard)
>> Branquinho – atacante (15 jogos e 2 gols)
Nome completo: Alvaro André Rodrigues da Silva
Cidade natal: Paulista (PE)
Peso: 65 kg
Altura: 1,70 m
Data de nascimento: 14/11/1989 (27 anos)
Principais clubes: América-PE, Sport , Santa Cruz, Caxias
Campanha: titular ao longo de toda a campanha, contribuiu com velocidade para combinar com João Paulo no ataque do Noia.
Futuro: tem seu destino aberto, após o término do contrato com o Novo Hamburgo
>> João Paulo – atacante (14 jogos e 6 gols)
Nome completo: João Paulo de Oliveira
Cidade natal: Rio de Janeiro (RJ)
Peso: 85 kg
Altura: 1,85 m
Data de nascimento: 13/06/1985
Último clube: Ypiranga (RS)
Campanha: foi o artilheiro do Noia e vice-goleador da competição com seis gols, mesmo que tenha sofrido com algumas lesões ao longo do campeonato. Referência no ataque, fazia bem a “parede” para armar os contra-ataques, armas letais da equipe.
Futuro: deve reforçar o Juventude para a disputa da Série B.
João Paulo é o artilheiro do Noia no Gauchão (Foto: Wesley Santos/Agência PressDigital) João Paulo é o artilheiro do Noia no Gauchão (Foto: Wesley Santos/Agência PressDigital)
João Paulo é o artilheiro do Noia no Gauchão (Foto: Wesley Santos/Agência PressDigital)
Beto Campos
Trajetória: Ex-atacante, Beto Campos é treinador de currículo extenso pelo interior gaúcho, com passagens por Pelotas, São José-RS, Cruzeiro-RS e Passo Fundo, de 2008 para cá. Aos 52 anos, conquista o maior título de sua carreira pelo Noia e alcança marcas emblemáticas: é o único técnico a conquistar a Divisão de Acesso e o Campeonato Gaúcho em anos subsequentes. Em 2016, o comandante levou o Caxias ao título da segunda divisão estadual.
Futuro: Beto Campos mantém seu futuro aberto para o segundo semestre. Mas a campanha histórica pelo Novo Hamburgo já desperta olhares Brasil afora. O Vitória chegou a sondar seu empresário para substituir Argel.
Beto Campos, técnico do Novo Hamburgo, está em alta após o título histórico (Foto: Diego Guichard) Beto Campos, técnico do Novo Hamburgo, está em alta após o título histórico (Foto: Diego Guichard)
Beto Campos, técnico do Novo Hamburgo, está em alta após o título histórico (Foto: Diego Guichard)
Reservas:
Goleiros: Max, Matheus Kerstner e Inácio
Laterais: Brida, Ângelo e Daniel
Zagueiros: Lucas, Ricardo, Léo Carioca
Meias: Tiago Ott, Goiano, Renan, Júlio Abu, Conrado e Jeff Silva
Atacantes: Jeff Assis, Brandão e Lucas Santos

facebooktwittergoogle plus


Leave a Reply