O Dia dos Namorados terá testes de HIV, sífilis e hepatite C em Porto Alegre

Aproveitar o Dia dos Namorados para cuidar da própria saúde e de quem se gosta é o enfoque da campanha “Espalhe amor. Compartilhe cuidado”, da prefeitura de Porto Alegre. Nesta terça e quarta, 12 e 13, seis espaços com exames gratuitos de HIV, sífilis e hepatite C e oito consultórios de atendimento estarão disponíveis à população, com resultados em apenas 30 minutos e orientações de profissionais da área da saúde.

Das 9h às 17h, a programação inclui orientações de prevenção, distribuição de preservativos e atividades interativas no Largo Glênio Peres, em frente ao Mercado Público Central de Porto Alegre. A campanha de conscientização promovida pela SMS (Secretaria Municipal de Saúde) destaca a importância dos testes rápidos para identificar a presença de infecções sexualmente transmissíveis e, em caso de contágio, dar início ao tratamento o mais cedo possível. Além disso, enfatiza o uso de preservativo na relação sexual, já que usar camisinha ainda é o método mais seguro para evitar a transmissão. O objetivo das ações é reduzir as taxas dessas infecções na capital gaúcha.

HIV e Aids

Segundo boletins epidemiológicos publicados anualmente pelo Ministério da Saúde, a epidemia de Aids no Brasil ainda apresenta disparidades regionais relevantes. O Rio Grande do Sul e Porto Alegre apresentam, há mais de uma década, as maiores taxas de incidência, prevalência e mortalidade do País. Com base no Sinan (Sistema de Informação de Agravos de Notificação), dos casos de HIV e de Aids em pessoas com 13 anos ou mais, residentes de Porto Alegre, que tiveram diagnóstico entre janeiro de 2013 e abril de 2018, foram diagnosticados mais de 10.362 casos de pacientes infectados pelo vírus HIV (somando casos de HIV e de Aids). A faixa etária mais acometida é dos 20 aos 39 anos, em indivíduos do sexo masculino (60,3% de todos os casos infectados pelo vírus HIV nos últimos cinco anos são do sexo masculino e 39,7% são do sexo feminino) e com escolaridade entre 5ª e 8ª série incompleta do ensino fundamental.

HIV é um vírus que ataca o sistema imunológico, diminuindo as defesas do corpo e causando a Aids. Toda pessoa que tem o HIV pode passar o vírus para as outras pessoas, mas nem toda pessoa que tem HIV tem Aids. A Aids é a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida e é causada pelo vírus HIV. Como o vírus ataca as células de defesa do corpo, o organismo fica mais vulnerável a diversas doenças, de um simples resfriado a problemas mais graves, como tuberculose ou câncer. Toda a pessoa que tem Aids tem o vírus HIV.

Serviço:

Espalhe amor. Compartilhe cuidado;

Campanha pelo Dia dos Namorados no Largo Glênio Peres;

Terça e quarta-feiras, 12 e 13 de junho, das 9h às 17h;

Testes rápidos gratuitos e orientações de prevenção para infecções sexualmente transmissíveis;

Os testes rápidos também são disponibilizados à população nas unidades de saúde de referência, incluindo pessoas em situação de rua.

Fonte: O Sul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *