O Rio Grande do Sul terá semana de baixas temperaturas e volta às aulas na rede estadual de ensino

O frio deve continuar predominando no Rio Grande do Sul ao longo da semana. De acordo com o boletim meteorológico da Secretaria da Agricultura, a presença de ar frio manterá o tempo firme em todo o Estado a partir desta segunda-feira, com temperaturas próximas de 0°C no Planalto, Serra do Nordeste e Campos de Cima da Serra, e formação de geadas em diversas áreas.

Em Porto Alegre, esta segunda será marcada pelo predomínio do sol, apesar de algumas nuvens. O vento sopra fraco do quadrante Oeste, a temperatura diminui mais e faz frio na madrugada e à noite. A mínima fica em 8°C e a máxima em 17°C.

Na terça-feira, último dia do mês de julho, o sol predomina ao longo do dia com céu claro e sem nuvens em muitas áreas. O vento fica calmo e os termômetros devem marcar temperaturas ainda mais baixas, com aumento da sensação de frio. A mínima será de 5°C e a máxima de 16°C.

Os totais previstos para o período deverão ser inferiores a 20 milímetros na Fronteira Oeste, Missões e Vale do Uruguai. No restante do Estado, os valores deverão oscilar entre 25 milímetros e 40 milímetros na maioria dos municípios, podendo superar 60 milímetros no Extremo Sul.

Domingo

O domingo foi marcado por pancadas de chuva em áreas mais próximas ao Litoral gaúcho e pelo declínio das temperaturas nas demais regiões do Estado. O motivo foi o ingresso de uma nova massa de ar seco e frio que afastou a nebulosidade.

Na Capital, o sol apareceu com nuvens no decorrer do dia e o vento soprando fraco a ocasionalmente moderado do quadrante Oeste. O dia teve temperatura máxima de 16ºC e diminuiu à noite, com 9°C.

Aulas

O fim de semana foi o último das férias do recesso de inverno para os 900 mil alunos das escolas estaduais do Rio Grande do Sul. As aulas são retomadas nesta segunda-feira nas 2.539 instituições de ensino da rede, assim como a rotina de trabalho dos mais de 64 mil professores e 21 mil funcionários do setor.

As escolas (cuja integralização do ano letivo de 2017 avançou em 2018 devido à greve dos professores) já elaboraram calendários diferenciados, mediante aprovação do Conselho Escolar e homologação pelas respectivas Coordenadorias Regionais de Educação.

Para os colégios estaduais em que o período letivo anterior transcorreu normalmente, o encerramento do calendário deste ano está prevista para o dia 21 de dezembro.

Fonte: O Sul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *