Operação da PF no Rio Grande do Sul desarticula grupo suspeito de usar documentos falsos.

FONTE G1//A Polícia Federal realiza na manhã desta quarta-feira (29) uma operação para desarticular uma organização criminosa especializada em fraudes contra aposentados.

São cumpridos oito mandados de busca e apreensão, três de prisão e oito de condução coercitiva nas cidades de Alvorada, Cachoeirinha, Canoas e Sapucaia do Sul, todas na Região Metropolitana de Porto Alegre.

Nos trabalhos de investigação conduzidos pela polícia desde março, em Passo Fundo, no Norte do estado, a polícia colheu informações sobre a atuação de uma grupo que falsificava documentos para conseguir empréstimos junto à Caixa Econômica Federal e outras instituições financeiras, além de diversos estabelecimentos comerciais.

O grupo criminoso tinha acesso a informações pessoais e financeiras das vítimas, e depois forjava os documentos para abertura de conta bancária. Com isso fazia a contratação dos empréstimos, planos de telefonia, sacava benefícios previdenciários e realizava compras no comércio.

Foi a identificada a atuação do grupo nas cidades de Porto Alegre, Rio Pardo, Soledade, Alvorada, São Jerônimo, Santo Antônio da Patrulha, Taquara, Viamão, Imbé, Charqueadas, Osório e Tubarão, em Santa Catarina.

A Polícia Federal estima que o prejuízo causado seja de aproximadamente R$ 200 mil.

Ainda conforme a investigação, o grupo fornecia documentos falsos como Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e RGs para outras quadrilhas e para foragidos da Justiça. Certificados escolares e atestados médicos também estavam entre as falsificações.

Dois advogados são investigados pelo uso de um comprovante de residência falso junto à Justiça Federal para obter um pedido de liberdade provisória de um preso.

A operação, que recebeu o nome de Multifaces II, investiga os crimes de organização criminosa, invasão de dispositivo de informática, falsidade de documentos públicos e privados e estelionato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *