Operação da Polícia Civil prende assaltante foragido em São Leopoldo.

FONTE G1//Um foragido do regime semiaberto foi preso na manhã desta quinta-feira (14), em São Leopoldo, na Região Metropolitana de Porto Alegre, em uma ação da Operação Sentinela, da Polícia Civil, que busca assaltantes que usam explosivos em ataques. Carlos da Silva, de 40 anos, é um dos integrantes do grupo que assaltou uma fábrica de joias em Cotiporã, na Serra, em 2012. O crime teve reféns e três pessoas mortas.

Condenado a 20 anos por roubo e homicídio, o assaltante havia fugido do regime semiaberto do Instituto Penal de Charqueadas em junho, e vinha sendo procurado pela polícia desde então. Foi localizado em um condomínio, em São Leopoldo.

Em sua residência, os agentes encontraram máscaras e roupas, comuns em ataques a bancos, binóculos, aparelhos que cortam sinal de GPS, além de duas pistolas, munição e celulares. O material apreendido leva a polícia a crer que ele participava da organização de um novo ataque.

A polícia considera Carlos um dos bandidos mais perigosos do Rio Grande do Sul, pois possui alto poder de reorganização.

Carlos da Silva foi encaminhado para o Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). Ele já havia fugido do sistema prisional antes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *