Polícia encontra corpos que podem ser do casal desaparecido no Rio Icamaquã

FONTE: O SUL
No final da tarde desta terça-feira (2), através de uma informação anônima, a Polícia Civil localizou dois corpos às margens do Rio Icamaquã, na localidade de São Marcos. Os cadáveres seriam de Ricardo Correa Barbosa, de 31 anos, e Juliana Aranda Rodrigues, de 23 anos, que estavam desaparecidos deste o último domingo (31), quando haviam saído para acampar.

Os policiais se deslocaram, em um barco, até o local de difícil acesso, com o apoio da Patrulha Rural Ambiental do 3° BPM. Chegando no lugar, encontraram uma barraca de acampamento parcialmente queimada, uma mecha de cabelo loiro, uma blusa feminina empoçada de sangue, munições calibre 22 e 38, uma bermuda azul e chinelos.

Os corpos foram encaminhados para perícia no município de São Borja. A polícia trabalha em diversas linhas de investigação.

Antecedentes

Ricardo Correa Barbosa, de 31 anos, estava foragido desde agosto do ano passado, quando foi julgado e condenado à revelia pelo Tribunal do Júri a cumprir pena de 20 anos, pelo assassinato do empresário Júlio César Silveira Ferreira, ocorrido em 2008, na pista de skate do Parque General Vargas. No domingo, segundo informações de familiares, ele foi acampar, acompanhado da namorada Juliana Aranda Rodrigues, de 23 anos. Ambos não foram mais vistos desde então.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *