Presidente da Mancha Verde chega para depor sobre morte de fundador da torcida

O Presidente da torcida Mancha Verde, Anderson Nigro, mais conhecido como Nando, chegou na manhã desta terça-feira (7) ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para prestar depoimento sobre o assassinato de Moacir Bianchi, um dos fundadores da organizada, ocorrido na última quinta-feira (2).
Nigro se apresentou à polícia junto de seu advogado. Na entrada da delegacia, ele falou rapidamente aos jornalistas e negou ter convidado integrantes da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) para participar de uma reunião na sede da Mancha Verde, na Zona Oeste da cidade. “Não levei ninguém, não”, garantiu. Bianchi esteve no encontro e foi morto horas depois.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *