PRF multa mais de 60 motoristas por hora no RS durante fiscalização contra ultrapassagens perigosas

Polícia Rodoviária Federal fez 20 barreiras pelo estado, nesta quinta-feira (16). A fiscalização multou mais de 60 motoristas por hora. Entre as imprudências mais cometidas está a ultrapassagem perigosa ou em locais proibidos. No Rio Grande do Sul, esse tipo de infração multa mais de 50 motoristas por dia e é uma das que mais causam mortes nas rodovias gaúchas.

Durante a operação na BR-290, em Eldorado do Sul, os policiais registraram diversos motoristas dirigindo perigosamente. Em duas horas, 125 motoristas foram multados. “É pra alertar o motorista que ele não pode fazer isso, ultrapassando em local proibido, forçando a ultrapassagem, ele põe em risco a vida dele e de quem vem em sentido contrário”, o chefe de comunicação da Polícia Rodoviária Federal Alessandro Castro.

E para ajudar na fiscalização, a polícia conta também com a ajuda de um drone. A motorista de carro vermelho que passava pela BR-116, em Caxias do Sul, cometeu duas infrações gravíssimas, ao mesmo tempo. Tudo registrado pelo drone da Polícia Rodoviária Federal. Logo à frente ela foi parada numa barreira.

A motorista foi liberada com duas multas que, juntas, somam R$ 4.400, ganhou 14 pontos na carteira e teve o direito de dirigir suspenso.

Só esse ano, mais de 12.500 motoristas foram autuados por ultrapassagem proibida ou perigosa. Uma média de 57 por dia.

“É muito raro ter sobreviventes em colisão frontal. Tu soma a velocidade que esse veículo está fazendo com a que vem no sentido contrário. Dois veículos a 100 por hora é uma potência de 200km por hora. É uma verdadeira tragédia”.

No domingo passado (12), seis pessoas morreram em dois acidentes de trânsito. Na BR-290 em Charqueadas e na BR-158, em Júlio de Castilhos. Nos dois casos a polícia acredita que os motoristas estavam fazendo ultrapassagens.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *