Quatro suspeitos morrem após troca de tiros com a BM em Arroio dos Ratos

FONTE: DIÁRIO GAÚCHO

Uma perseguição terminou com a morte de quatro suspeitos, por volta da 0h desta quarta-feira (5), em Arroio dos Ratos, na Região Carbonífera. As informações iniciais são de que a ocorrência começou em vias internas da cidade e terminou na BR-290.

Os quatro baleados – que tinham entre 15 e 19 anos – chegaram a ser levados para o hospital, mas não resistiram. Dois deles foram identificados como Cauê Vieira, 19 anos, e João Pedro Soares Souza, 18 anos. Os nomes dos adolescentes mortos não estão sendo divulgados.

Segundo a Polícia Civil de Charqueadas, um adolescente de 17 anos também foi atingido na ação, encaminhado para atendimento hospitalar e está apreendido. Pistola, revólveres e munição foram apreendidos.

De acordo com a Brigada Militar, uma equipe do Batalhão de Operações Especiais (BOE) estava na região e recebeu informações de que um grupo iria atacar um banco em Arroio dos Ratos. Ainda na noite de terça-feira, os policiais localizaram dois carros suspeitos estacionados em frente à agência da Caixa Econômica Federal da cidade.

Ao interceptar os veículos, houve troca de tiros e teve início uma perseguição policial por cerca de cinco quilômetros, até a BR-290. Um dos veículos – que ainda não foi identificado – conseguiu fugir. Os cinco baleados estavam em um Siena branco, que estava em situação de roubo.

— Nos deparamos com dois veículos, um escuro e um veículo Siena, de cor branca, que nós já tínhamos as placas dele e sabíamos que tinha sido roubado na semana passada em Arroio dos Ratos. E esse veículo, de lá para cá, teria participado de diversas ocorrências, entre elas uma tentativa de homicídio em Minas do Leão — disse um dos integrantes do BOE que participou da ação e não quis se identificar.

Os corpos dos quatro suspeitos mortos foram encaminhados a Porto Alegre. O adolescente apreendido segue na Delegacia de Polícia de Charqueadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *