Renovação de William emperra, e Inter corre risco de reviver “caso Alisson”

A nova direção do Inter mal assumiu e já se vê na frente de um imbróglio. Sem acerto com o lateral-direito William para renovação, o clube gaúcho corre o risco de ter de negociar o atleta para não perdê-lo de graça, em uma situação semelhante à vivida no início do ano passado, na negociação de Alisson com o Roma, quando o vínculo do goleiro estava próximo do final.

William tem contrato com o clube gaúcho até 30 de abril de 2018. Caso a renovação não ocorra, o atleta de 21 anos poderá assinar um pré-contrato com qualquer clube a partir de outubro.

O lateral é um dos poucos jogadores do Inter que encerraram a temporada em alta no último ano. A participação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, na qual auxiliou na conquista do inédito ouro, valorizou-o ainda mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *