Abertura de empresas no Rio Grande do Sul cresce 48% no primeiro trimestre

FONTE: O SUL

Dados da JucisRS (Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande do Sul) registraram a abertura de 64.202 empresas (incluindo MEIs – microempreendedores individuais) no primeiro trimestre de 2021 no Estado.

Esse número representa o maior aumento em quantidade dos últimos três anos, sendo registrada uma alta de 40% entre 2019 e 2021 e 48% entre 2020 e 2021. Considerando o histórico, o RS teve um crescimento recompensante na quantidade de empresas abertas no primeiro semestre, em comparação entre 2019 e 2021.

No primeiro trimestre, foram criadas 64.202 empresas em solo gaúcho, ante 43.239 no mesmo período de 2020, quando a crise sanitária ainda não havia desembarcado com força no país. Em um recorte dos últimos cinco anos, 2021 apresenta o maior total de abertura de novos negócios nesse espaço de tempo.

Os microempreendedores individuais, que têm o processo de abertura centralizado pelo governo federal, continuam ocupando a maior parte desse volume, com 82,4% do total. Esse movimento é percebido desde que esse tipo de empresa começou a operar, em meados de 2009, e vem ganhando força nos últimos anos.

A presidente da JucisRS, Lauren Momback, afirma que, além do enfrentamento ao desemprego por parte dos trabalhadores, movimentos do governo do Estado na simplificação de processos, como a isenção de taxa para a constituição de alguns tipos de empresa, também ajudam a explicar parte dessa elevação. Segundo Lauren, esse conjunto de fatores também criou ambiente para as pessoas saírem da ilegalidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *