Advogado deixa defesa de doleiro Lúcio Funaro: ‘Ele vai delatar’

FONTE G1
//

O advogado Cezar Bittencourt informou nesta quarta-feira (7) à GloboNews ter deixado a defesa de Lúcio Funaro. Segundo ele, o doleiro, ligado ao deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), decidiu fazer delação premiada.

“Conversei com ele. Ele vai delatar, está preparando uma delação premiada”, disse Bittencourt.

Réu na Operação Lava Jato, Funaro foi preso no ano passado pela Polícia Federal.

Segundo o Ministério Público, Funaro está envolvido no esquema de cobrança de propina de empresas interessadas em obter empréstimos do Fundo de Investimentos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FI-FGTS).

Bittencourt também é o responsável pela defesa de Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), ex-assessor especial do presidente Michel Temer preso pela PF na Operação Lava Jato no último fim de semana.

Outro motivo
Cezar Bittencourt disse que também pesou para a saída o fato de um cliente dele aparecer em investigações que envolvem Funaro.

De acordo com o advogado, o doleiro teria sido arrolado pela polícia para ser ouvido no inquérito de um cliente dele.

“Também teria este impedimento mas eu já falei com ele”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *