Após temporal, moradores começam a reconstruir o que foi perdido em Lagoa Vermelha.

FONTE G1// Foi de reconstrução na cidade de Lagoa Vermelha, no Norte do Rio Grande do Sul, por conta do temporal no final de semana que fez com que o município decretasse situação de emergência. Mais de 2 mil casas foram danificadas pela queda de granizo.

Na Escola Municipal Clóvis Pestana as aulas aconteceram fora das salas, que ficaram alagadas pelo temporal.

Professores e alunos fizeram a limpeza do local, que ficou alagado. Computadores da sala de informática foram colocados no pátio em uma tentativa de secar os equipamentos e salvar o que for possível.

Cerca de 300 famílias estão na casa de amigos e parentes, mas a solidariedade aparece no momento de dificuldade. Em apenas um dia quase 20 mil peças de roupas, calçados e cobertores foram arrecadados, além de colchões e alimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *