App de transporte inicia piloto

BORA/DIVULGAÇÃO/JC

A Bora (www.vaidebora.com.br), empresa de Porto Alegre e com sede também em São Francisco (EUA), se prepara para iniciar, até abril, o projeto-piloto do seu serviço, que pretende unir o melhor do transporte coletivo e individual. É uma espécie de Uber, mas em vez dos carros tradicionais, serão usadas vans, permitindo o deslocamento de um maior número de pessoas. Para solicitar o serviço, o usuário terá que entrar no aplicativo, colocar o local de origem e um sistema inteligente – o algoritmo usado é um dos diferenciais desse serviço – identificará o melhor veículo cadastrado para atender à rota desejada. Alguns segundo depois, o indivíduo recebe o horário, preço e outros detalhes da viagem. A ideia é que os embarques ocorram a, no máximo, 150 metros de onde a pessoa está. As vans serão novas, equipadas com Wi-Fi e terão poltrona reclinável. “Hoje, quem anda de carro sozinho gasta mais recursos com combustível e estacionamento enquanto poderia estar em um veículo seguro, confortável e aproveitando melhor o tempo que está no trânsito”, comenta Jose Cesar Martins, sócio da Paradoxa e criador do projeto Cite. Ele é um dos sócios do Bora, tendo ao seu lado nomes como Sérgio Pretto, um dos pioneiros da internet brasileira, Claudio Barbieri, PhD em Engenharia de Transporte, e o jovem empreendedor Anthony Ling, CEO da startup. O teste vai acontecer em Goiânia (GO). A empresa gaúcha vai atuar como uma gestora de frotas – assim como o Uber, não terá a propriedade dos carros.
Campus Party
Porto Alegre Inteligente e Humana é o tema da apresentação que a secretária do Gabinete de Inovação e Tecnologia (Inovapoa), Maria Fernanda Bermúdez, fará amanhã na 9ª edição do Campus Party, que acontece em São Paulo. Ela vai mostrar como a tecnologia está influenciando na prática o dia a dia dos cidadãos em áreas como saúde, educação e mobilidade. Porto Alegre está entre as 10 cidades mais inteligentes do Brasil, segundo o Forum Connected Smart Cities.
Upgrade nos laboratórios
Dois novos laboratórios foram inaugurados neste mês no Centro de Tecnologia e Inovação (CTI) da Braskem, no polo petroquímico de Triunfo, totalizando R$ 1,5 milhão de investimentos. Um deles vai permitir a análise de barreiras à passagem de gases em filmes ou placas de polímeros. O outro tem foco em análises de Raios X, que é utilizado para avaliação de conteúdo metálico e propriedades de cristalinidade dos plásticos.
Contas de luz por e-mail
A CPFL Energia foi o primeiro grupo do setor elétrico no Brasil a alcançar a marca de 1 milhão de faturas enviadas por e-mail, em suas oito distribuidoras. O número foi registrado em dezembro de 2015. De acordo com o grupo, a cada 100 mil contas de luz não imprensas, cerca de 10 árvores são preservadas.
Estudo com caminhoneiros
Uma parceria entre a empresa global de pesquisa Ipsos e o TruckPad, aplicativo de celular que conecta o caminhoneiro à carga, vai permitir a realização de um estudo por meio do smartphone com mais de 1 milhão de caminhoneiros autônomos. A ideia é conhecer desde as rotas mais utilizadas aos hábitos de consumo desses profissionais, inclusive regionalmente, graças a recursos de geolocalização.
Noticia original: PATRÍCIA KNEBEL

Coluna: Mercado Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *