Assassinatos no Brasil caem 22% nos oito primeiros meses deste ano

FONTE: O SUL

O Brasil teve uma queda de 22% no número de mortes violentas registradas nos oito primeiros meses deste ano na comparação com o mesmo período de 2018. Somente em agosto, houve 3,1 mil assassinatos, contra 3,9 mil no mesmo mês do ano passado.

Já no período que engloba os oito meses, ocorreram 27.517 mortes violentas, 7,9 mil a menos do que o número registrado de janeiro a agosto de 2018 (35.422). Os dados são do Monitor da Violência, elaborado pelo site G1 em parceria com o Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Todos os Estados apresentaram redução de assassinatos de janeiro a agosto, segundo o levantamento. Três mantiveram uma queda superior a 30%: Ceará, Rio Grande do Norte e Acre.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, atribui a queda no número de mortes violentas no País a esforços de governos locais e do governo federal, citando recordes de apreensão de drogas e transferência de chefes de facções criminosas para presídios federais como medidas que surtiram efeitos nos índices de criminalidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *