Audiência Pública discutirá os obstáculos no processo de adoção no Brasil

FONTE: O SUL

A Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembleia Legislativa realizará, na próxima segunda-feira (07), uma audiência pública para discutir os obstáculos no processo de adoção no Brasil. Conforme dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a fila para quem aguarda a adoção de uma criança no Brasil é composta por 46 mil pretendentes. A proposta feita pela deputada estadual Franciane Bayer (PSB) é de que “como o número de pretendentes é muito maior do que o de crianças e adolescentes disponíveis para adoção, seria de se esperar que todos encontrassem um lar. Mas a realidade é outra”, diz.

Segundo a deputada, a intenção é discutir e encontrar caminhos que possibilitem dar velocidade aos processos de adoção e um futuro mais digno para milhares de crianças e adolescentes que esperam por um lar. Franciane acrescenta que, entre os principais entraves estão a morosidade processual quando se trata da destituição do poder familiar e as restrição impostas pelos adotantes no que se refere ao perfil da criança.

A audiência ocorre às 14h na Sala João Neves da Fontoura (Plenarinho), no 3º andar da ALRS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *