Bressan pode sair e render R$ 4,4 milhões ao Grêmio

Bressan pode deixar Grêmio para atuar na China

 

Bressan pode ser mais um brasileiro a arrumar as malas e partir rumo à China em 2016. Um clube do país asiático sondou a possibilidade de contratar o zagueiro. A negociação, se acontecer, deve ser apenas pela multa rescisória de 5 milhões de euros (quase R$ 22 milhões), dos quais o Grêmio tem direito a 20% (perto de R$ 4,4 milhões).

Em janeiro de 2014, quando detinha 70% dos direitos econômicos dele e de Ramiro, o Tricolor acertou a venda de 50% dos dois juntos por 3,5 milhões de euros (R$ 11,5 milhões, à época) para um grupo de investidores, ficando com 20%. A expectativa era de que ao menos um deles deixasse o clube já naquele ano, o que acabou não se concretizando.

A sondagem surgiu nos últimos dias. A China tem sido o principal destino dos brasileiros nesta janela de transferências, com o forte atrativo financeiro. As ofertas costumam alcançar cifras milionárias para os atletas, livres de qualquer imposto. Os clubes também não titubeiam em pagar as multas rescisórias. O objetivo do país é tornar-se uma potência mundial no futebol, inclusive com o projeto de conquistar uma Copa do Mundo em duas décadas. Nas últimas semanas, eles já levaram Renato Augusto, Jadson e Ralf, do Corinthians, Luiz Adriano, do Milan, e Luis Fabiano, do São Paulo. Ainda tentam tirar Alexandre Pato, Elias e Gil do Corinthians e até Daniel Alves do Barcelona. Todos atraídos por salários astronômicos.

A ideia gremista não era se desfazer de Bressan. O planejamento é contar com quatro zagueiros experientes à disposição de Roger em virtude das disputas de 2016, principalmente da Libertadores. Os outros são Pedro Geromel, Kadu e Fred. Werley também faz parte do grupo, mas a intenção é negociá-lo. O jogador teve algumas sondagens, como do Vasco, porém o alto salário emperrou as tratativas.

 

Foto: Lucas Uebel / Grêmio / Divulgação / CP

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *