São Paulo - Fachada da construtora Odebrecht em São Paulo.

Caixa pede que Justiça decrete falência da Odebrecht

FONTE: O SUL

A Caixa Econômica Federal entrou com pedido, nesta quinta-feira (03), para que a Justiça decrete a falência da empreiteira Odebrecht. A companhia entrou em recuperação judicial em junho deste ano, e o plano de recuperação foi aprovado pela Justiça no mesmo mês.

A holding do conglomerado e mais 20 empresas listaram dívidas totais de cerca de R$ 98 bilhões. Desse total, só R$ 65,5 bilhões podem ser alvo de cobrança. Isso porque os outros R$ 33 bilhões são empréstimos trocados entre as companhias levadas para recuperação judicial.

Em documento entregue na 1ª Vara de Falências de São Paulo, a Caixa diz que, no prazo concedido de 60 dias, as empresas recuperandas “foram incapazes de evoluir minimamente em negociações com seus credores até mesmo para propor uma forma de pagamento básica”, diz um trecho do documento.

O banco também pede a convocação de assembleia credores para deliberar sobre o plano de recuperação judicial e a substituição da atual administração. Procurada, a Caixa disse que “não comenta processo pendente de decisão judicial”.

O plano de recuperação da Odebrecht também foi questionado por outras instituições. Na semana passada, o Banco do Brasil pediu que a empreiteira apresente um novo plano. Questionado sobre a medida, o BB disse que “não iria se manifestar”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *