contagiado pela torcida, Grêmio cumpre “obrigação”, mas mantém alerta ligado no Z-4

“Temos a obrigação de vencer o Juventude no domingo”. A exigência feita pelo vice-presidente de futebol Denis Abrahão na sexta-feira foi concluída com sucesso. Na noite passada, o Grêmio triunfou sobre o rival alviverde por 3 a 2 unido aos cânticos de 15 mil torcedores na Arena.

Apesar dos três pontos somados após cinco jogos de jejum, o Tricolor não saiu do lugar na tabela do Brasileirão. Segue na penúltima colocação, agora com 26 pontos e a dois de distância do primeiro time fora da zona de rebaixamento. Ou seja, o alerta segue ligado.

O clima de domingo, contudo, foi diferente na zona norte de Porto Alegre. Influenciado pela redução do preço dos ingressos, assim como a liberação de instrumentos musicais na Arena, o torcedor quase lotou a capacidade máxima permitida pelas autoridades diante do contexto de pandemia.

Some-se a isso os discursos inflamados da nova diretoria do Grêmio. Era o combo motivacional que recheava um confronto direto contra o rebaixamento.

– Eu faço a minha parte, mas a vitória se deve ao treinamento tático, à motivação dos jogadores, da torcida, o ambiente que foi trabalhado para esse jogo. Criamos um ambiente de vitória, sabíamos antes do jogo que iríamos ganhar – comentou o novo vice de futebol Denis Abrahão após a partida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *