Dia Estadual de Luta Contra o Câncer de Boca será lembrado em São Leopoldo

No dia 31, dentistas da Semsad farão exames de prevenção na Rua Independência

 

 

O câncer de boca é o quinto tipo de tumor mais comum no Brasil e estima-se que 15,5 mil pessoas descubram que estão com a doença no País só neste ano. Por isso, com o objetivo de reduzir esses dados, que 31 de maio será o Dia Estadual de Luta Contra o Câncer de Boca e São Leopoldo, por meio da Secretaria de Saúde (Semsad), está preparada para nesta data alertar a população quanto aos riscos, sintomas e causas deste tipo de câncer. Na esquina da Rua Independência com a Rua Conceição (em frente à Escola Estadual Visconde de São Leopoldo), dentistas da Rede Básica de Saúde farão exames da cavidade oral das 9h às 17h, sem parar ao meio-dia, em quem passar pelo local e quiser conhecer um pouco mais sobre a doença e como evitá-la.

 

Segundo a coordenadora de saúde bucal da Semsad, Daniela Cristina Beilner Holz, o objetivo é chamar a atenção das pessoas para se consultarem com um cirurgião-dentista pelo menos uma vez por ano na tentativa de descobrir o câncer ainda na fase inicial. “A população precisa saber e entender que o tumor na boca é mutilador. Quem tem este tipo de câncer corre um grande risco de perder parte da língua e da bochecha, por exemplo. Isso porque a maioria só procura um dentista quando o câncer se torna aparente”, explicou. Ano passado, 233 pessoas foram avaliadas durante a ação do dia 31 e dessas, 43 foram encaminhadas para confirmação de diagnóstico e tratamento na rede pública de saúde.

 

Prevenção o ano todo

 

Apesar de o Município estar organizando esta grande ação, a data já vem sendo lembrada desde o dia 29 de Abril, quando junto com o Dia D de vacinação contra a gripe, fez exames rápidos em mais de 130 pessoas. O trabalho de prevenção também é feito ao longo de todo o ano. Segundo Daniela, durante as consultas de rotina com um cirurgião-dentista nos postos de saúde, o paciente, mesmo sem saber, já passa por um exame de olho. “O exame preventivo ao câncer de boca é indolor e de fácil realização. Basta o paciente abrir a boca para o profissional examinar, não sendo necessários aparelhos sofisticados”, ressaltou a coordenadora.  O Município dispõe de 41 dentistas atendendo em 14 Unidades Básicas de Saúde e Centros de Saúde.

 

O que causa

 

A maior incidência do câncer bucal é em pessoas do sexo masculino, principalmente com mais de 40 anos de idade, que ingerem com frequência bebidas alcoólicas e são fumantes. A associação entre fumo e álcool potencializa em mais de 30 vezes o risco de desenvolver a doença.

 

Como diagnosticar

 

Geralmente, o câncer de boca aparece em forma de úlcera – uma ferida indolor que não tem tendência à reparação, ou seja, demora a cicatrizar. É preciso estar atento também ao aumento de volume e alterações de cor (manchas brancas, vermelhas e/ou pretas) na região.

 

Sobre o Dia Estadual

 

O Dia Estadual de Luta Contra o Câncer Bucal é resultado da Lei Nº 12.535 de 2006 de autoria do Deputado Adroaldo Loureiro. Desde então, são realizadas anualmente no dia 31 de maio ações preventivas por todo o Estado.

 

Fonte: Prefeitura SL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *