Dois são mortos após discussão ocasionada por celular em Farroupilha.

FONTE G1//Um homem de 24 anos foi preso na tarde de domingo (19), em uma área rural de Farroupilha, na Serra do Rio Grande do Sul, suspeito de matar duas pessoas por conta de um desentendimento relacionado ao sumiço de um telefone celular.

Conforme o relato da Brigada Militar, vizinhos ligaram para o número 190 após encontrarem os corpos das vítimas. Em seguida, foi preso Elias Paim Batista, apontado como responsável pelas mortes.

O crime aconteceu ainda na madrugada de domingo, quando os três participavam de um churrasco. Elias teria se desentendido com a primeira vítima, quando pegou uma arma de pressão adulterada que estava no local e efetuou um disparo contra a cabeça do homem, que morreu no local.

Em seguida, ele foi até a casa da segunda vítima e, usando a mesma arma, efetuou disparo contra a cabeça da segunda pessoa.

Quando os corpos foram encontrados pelos familiares, a Brigada Militar foi acionada e conseguiu prender o suspeito, que foi levado a Caxias do Sul para o registro da ocorrência junto à Polícia Civil. Depois, foi encaminhado para o presídio por conta da prisão em flagrante.

“A polícia chegou na casa do Elias e encontrou ele, inclusive, com os documentos das vítimas e a arma usada no crime”, disse o delegado Rodrigo Morale.

O suspeito segue preso e está à disposição da Justiça. Ele deve responder por homicídio qualificado e pode pegar até 30 anos de prisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *