Em busca de reforços, Grêmio analisa atacante peruano do PSV como opção

A busca por atacantes é urgente no Grêmio, especialmente após as desistências nas negociações com Kayke e Gabriel Fernández. O clube gaúcho tem mais um alvo no mercado: o peruano Beto da Silva, 20 anos recém feitos, do PSV, da Holanda. O jovem tem passagem pelas categorias de base do Tricolor gaúcho, inclusive, e foi um dos jogadores observados para reforçar o setor ofensivo.
O Grêmio trata a situação como “especulação”, mas alguns dirigentes admitem que o nome esteve na lista e é analisado agora que a negociação com Fernández não será concretizada por conta dos exames médicos. A intenção seria conseguir o empréstimo do jovem por uma temporada.

Beto da Silva é filho de um brasileiro e chegou a jogar nas categorias de base do Grêmio antes de se mudar em definitivo para o Peru. Lá, se profissionalizou pelo Sporting Cristal. Assinou com o clube holandês no início do ano passado, mas estava incorporado ao time sub-21 até metade do ano, quando fez um amistoso com a equipe principal. Fez 11 jogos na atual temporada – sete como titular, com dois gols marcados. Foram 696 minutos jogadores, segundo informações do PSV.
O peruano seria mais uma opção para o setor ofensivo. As duas negociações frustradas levaram o Grêmio praticamente à estaca zero. O presidente Romildo Bolzan Júnior, nesta quinta-feira, na reapresentação, confirmou que o clube já fez propostas e espera definir quanto antes a contratação de reforços.
Outro nome na pauta é do paraguaio Cristian Colmán. No entanto, sua situação é mais complicada. O Grêmio já fez proposta pelo atleta, mas a oferta feita pelo São Paulo agrada mais ao Nacional-PAR. No entanto, há uma divisão: o atacante quer atuar no Brasil, enquanto o clube quer o negociar com um clube dos Estados Unidos, que ofereceu mais dinheiro. O impasse continua há alguns dias, desagradando a integrantes da negociação e também ao Grêmio, que rechaça qualquer tipo de leilão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *