Foi dada a largada para o Festival Estudantil Temático de Trânsito

Primeira formação dos professores ocorreu na EMEF Edgard Coelho, no bairro Santos Dumont

“Transformando atitudes para salvar vidas” é o slogan deste ano do Festival Estudantil Temático de Trânsito (Fetran), projeto de Educação para o Trânsito da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em parceria com a Secretaria Municipal de Educação. Cerca de 20 professores da escola municipal Edgard Coelho participaram da primeira etapa do curso de formação na noite de quinta-feira (28). “Pela primeira vez, São Leopoldo foi contemplado com o projeto da PRF. Ao todo, serão três escolas municipais”, destacou a gestora Cristine Von Reisswitz. Além da Edgard Coelho, as escolas São João Batista e Alberto Pasqualini estão no projeto.
Durante o evento de quinta-feira, foi apresentado para os professores como o projeto irá funcionar, principalmente como será implantado. Estudantes e professores produzirão, em sala de aula, diversas modalidades de trabalhos, como teatro, dança, música, maquetes, poesias, textos e cartazes. Os resultados serão apresentados na Feira de Trânsito, que acontecerá nas escolas.
Festa da Família
O projeto ganhará também divulgação no Dia da Família, preparado e agendado pela Edgard Coelho em 14 de maio. Neste dia, a Polícia Rodoviária Federal vai mostrar à comunidade alguns equipamentos utilizados em seu dia a dia, além de apresentar a mascote do projeto, a “Camaradinha”. O responsável pela educação no trânsito da região metropolitana, o agente Luciano Lawisch, salientou a importância de aproximar a comunidade da PRF. “Queremos formar os condutores do futuro. O evento irá nos ajudar a mostrar o trabalho que realizamos para aproximar a comunidade escolar e desmistificar que a policia é apenas para repreender”.
O Festival
O Fetran, criado em 2004, é um projeto de Educação para o Trânsito da PRF. Os trabalhos educativos sobre o trânsito são desenvolvidos através de atividades pedagógicas, aplicadas junto aos conteúdos de sala de aula. O festival tem objetivo de conscientizar crianças, adolescentes e toda comunidade escolar sobre a responsabilidade de todos na segurança do trânsito. No total, participam do projeto nove municípios gaúchos, totalizando 32 escolas e 40 mil participantes entre alunos e funcionários.
 Fonte: Prefeitura SL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *