Homem é preso após manter ex-mulher sob ameaça por seis horas em Minas do Leão.

FONTE G1//Um homem de 53 anos foi preso após sequestrar a ex-mulher e mantê-la, durante seis horas, sob ameaças em uma mata, em Butiá, na Região Metropolitana de Porto Alegre. A prisão ocorreu na madrugada de domingo (1). O sequestro havia ocorrido na tarde de sábado (30).

Familiares da vítima, que tem 45 anos, denunciaram o sequestro. O homem, em um carro roubado, levou a mulher do bairro Cidade Alta, em Butiá, para a área rural de Minas do Leão, município vizinho. Lá, ele permaneceu a ameaçando, com uma faca no pescoço, por cerca de seis horas.

“Quando a encontramos, ela estava chorando muito e com o rosto machucado”, relata o tenente Maurício Abrahão, comandante da Brigada Militar de Butiá e Minas do Leão. A mulher foi encaminhada para o hospital e, segundo Abrahão, já foi liberada.

“Ela relatou que a todo momento ele ameaçava demorte com uma faca no pescoço da vítima. Ao visualizar a aproximação da Brigada Militar e dos Bombeiros Civis, o agressor fugiu”, afirma o tenente.

As buscas continuaram e, por volta das 3h50 de domingo, a Patrulha Tática da Brigada Militar conseguiu localizar e prender o agressor, no centro de Minas do Leão. Ele resistiu a prisão. Após, foi encaminhado para a Delegacia de Butiá.

Para a ação, foram mobilizados o efetivo da Brigada Militar do Pelotão de Butiá, agentes da Seção de Inteligência, Pelotão de Operações Especiais, todos do 28° Batalhão, e também bombeiros civis dos dois municípios.

Ainda segundo o tenente Maurício, o homem foi autuado em flagrante por homicídio doloso tentado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *