Jael cresce no fim do ano, abre disputa com Barrios e vai da Série C ao Mundial.

FONTE G1//Pode parecer inverossível. Mas o centroavante do Grêmio que não marcou um gol sequer em 2017 abriu a briga para ser titular na final do Mundial de Clubes, talvez o jogo mais importante da história tricolor. Jael viveu um ano de recuperação após o rebaixamento pelo Joinville, na temporada passada. Superou uma lesão séria no joelho no início do ano e agora é cotado para substituir Barrios na decisão deste sábado contra o Real Madrid.

E, para quem acompanha o Grêmio de perto, isso não chega a ser surpresa. Nas últimas vezes em que Jael foi acionado, o centroavante melhorou o time do Grêmio. Contra o Pachuca, na última terça, foi mais um exemplo. Com sua característica de briga e disputa física com os zagueiros, ganhou muitas vezes a posse de bola no campo ofensivo. E deu continuidade às jogadas, algo que Barrios não estava conseguindo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *