Livre em caso de doping, Jacsson volta ao Inter aliviado: “Fiquei sem chão”

Após reviravolta em seu caso de doping, com um segundo teste negativo no exame de contraprova, Jacsson já retoma sua rotina costumeira no Inter. O goleiro apareceu no gramado durante o treino desta terça-feira, no CT do Parque Gigante, mas sem participar de quaisquer atividades. Apenas cumprimentou os companheiros e o preparador Daniel Pavan.

Em entrevista coletiva no CT do Parque Gigante, o goleiro demonstrou alívio por retomar a rotina de trabalho com os companheiros. Mas também se mostrou chateado pelo que considerou um “erro” da Comissão de Controle de Dopagem da CBF – o primeiro teste e a contraprova deram positivo para o uso de corticoide. Resultado que não se confirmou quando a contraprova foi refeita no último sábado.  

– Isso só tenho que lamentar, porque tirar uma pessoa do ciclo de trabalho do nada e como falei anteriormente, sem um motivo concreto. As pessoas passam a te julgar, te desrespeitam. Eu na minha cidade, que é pequena. Fiquei sem chão, falam que é anabolizante, droga. Me apaguei a minha família. A questão das notícias, só a lamentar – disse o goleiro. 

O jogador está liberado para voltar a defender o Inter e não será julgado por doping. Na última sexta-feira, a Comissão de Controle de Dopagem da CBF divulgou que o resultado do exame de contraprova feito na Universidade da Califórnia (UCLA), em Los Angeles, nos Estados Unidos,havia dado positivo. Mas um novo teste realizado no dia seguinte deu negativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *