#MapaDoCrime: índice de mortes violentas cresce 81% em 2 anos na região da Pavuna, a mais perigosa do Rio

FONTE G1

//

O medo de morrer a gente tem todo dia”. Aos 74 anos, o vendedor ambulante Silvestre Peixoto sai de segunda a sexta para vender suas balas e biscoitos em uma praça da Pavuna, Zona Norte, e não sabe se vai voltar para casa. E o receio é justificado por números: o índice de mortes violentas na região, nos quatro primeiros meses de 2017, teve aumento de 81% em relação ao mesmo período de 2015, quando a violência na cidade voltou a crescer, de acordo com os dados do Instituto de Segurança Pública (ISP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *