Matheus Henrique revela bastidores de comemoração com a camisa ‘mística’ do Grêmio

FONTE: O SUL

“A primeira coisa que pensei ali: “eu não, a camisa 7”. Essas foram as palavras de Matheus Henrique sobre o momento de comemoração do segundo gol do Grêmio, na vitória sobre o América de Cali, na estreia da fase de grupos da Libertadores. Herdeiro da ‘mística’ 7 do tricolor, o volante, em tom de brincadeira, fez questão de demonstrar ao chefe Renato, que a camisa está em boas mãos.

“Com a minha camisa 7, ouvi muitas coisas, o Renato brincou. Ele fala para a gente que camiseta não quer dizer nada. Quando fiz o gol, foi a primeira coisa que pensei ali: eu não, a camisa 7. Fiz jus à camisa”, declarou o jogador gremista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *