Medo da terceira guerra mundial domina as redes sociais após ataque dos EUA contra general do Irã

FONTE: O SUL

No início deste ano, o mundo convive com uma escalada da tensão no Oriente Médio. Um ataque realizado pelos Estados Unidos contra o aeroporto internacional de Bagdá, capital do Iraque, na noite de quinta-feira (02), matou o general Qassim Suleimani, principal comandante militar do Irã e o líder de uma milícia local pró-Teerã.

O bombardeio foi operacionalizado por um drone, e a ação autorizada pessoalmente pelo presidente Donald Trump, que logo após o ataque postou em uma rede social a bandeira dos EUA, sem maiores comentários.

Considerado um herói no Irã, Suleimani recebeu uma oração em rede nacional como homenagem e foi chamado de mártir. O governo iraniano convocou uma reunião de emergência de sua cúpula de segurança para debater uma resposta ao ataque.

A tensão entre Teerã e Washington acaba de atingir, portanto, um nível estratosférico. Especialistas consideram o maior patamar em pelo menos dez anos.

As redes sociais refletem esse momento de apreensão. Os internautas de todo o planeta, incluindo os brasileiros, demonstram temor de uma terceira guerra mundial.

Poucas horas após a morte do general, os assuntos mais comentados no mundo no Twitter passaram a ser Trump, Iran, World War 3 e WWIII. No Brasil, o termo terceira guerra mundial conta com milhares de tuítes. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *