‘Nem sabia para onde correr’, diz testemunha sobre queda de avião que matou duas pessoas em Barão.

FONTE G1//O morador de uma casa, a cerca de 10 metros do local da queda de um avião que matou dois homens, relatou momentos de pânico na manhã de domingo (29), quando aconteceu o acidente. Após bater no chão, a aeronave pegou fogo.

O piloto Adilson José Rauber morreu carbonizado e o passageiro Amauri José Rocquenbach foi projetado para fora da aeronave e também não sobreviveu.

Antes da colisão, o piloto conseguiu fazer uma manobra e desviar da casa, conta o motorista Arci Kochhann e morador da residência. “Eu não sabia mais o que fazer, não tinha o que fazer, nem sabia para onde correr”, relatou.

Após a queda, ele correu para apagar as chamas, junto com outras pessoas. “Aí vieram os vizinhos, correndo, e eu também. E estava tudo em chamas. Pegamos uma mangueira e apagamos o fogo com água”, conta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *