Número de equipes trabalhando nas praças da Capital será ampliado durante o verão

FONTE: DIÁRIO GAÚCHO

FONTE: DIÁRIO GAÚCHO

Com a chegada do calor, a procura por locais de lazer tende a aumentar, com um fluxo maior de pessoas circulando pelas 637 praças e pelos nove parques de Porto Alegre. Entretanto, alguns destes pontos ainda não estão 100% em condições de receber a população. O Diário Gaúcho vistoriou as condições de oito praças e parques da Capital. Todos os espaços de lazer visitados deixam a desejar em algum dos pontos analisados. Para reverter este cenário, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb) informou que deve ampliar o número de equipes trabalhando nas praças da Capital durante o verão.
Com a chegada do calor, a procura por locais de lazer tende a aumentar, com um fluxo maior de pessoas circulando pelas 637 praças e pelos nove parques de Porto Alegre. Entretanto, alguns destes pontos ainda não estão 100% em condições de receber a população. O Diário Gaúcho vistoriou as condições de oito praças e parques da Capital. Todos os espaços de lazer visitados deixam a desejar em algum dos pontos analisados. Para reverter este cenário, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb) informou que deve ampliar o número de equipes trabalhando nas praças da Capital durante o verão.
Mesmo tomando ações próprias para dar conta dos cuidados com estes espaços públicos, a administração da Capital pretende terceirizar este serviço, facilitando a adoção destes locais. A prefeitura já encaminhou ao legislativo dois projetos que mudam as regras para a manutenção e o uso destes espaços públicos. Além de empresas, pessoas físicas também poderão solicitar a tutela de praças, parques, canteiros, ciclovias, fachadas de prédios públicos e até de monumentos. Em troca, a iniciativa privada poderia explorar comercialmente os locais, realizando eventos ou espalhando publicidade, entre outras ações.

O prefeito Nelson Marchezan acredita que as propostas não deverão enfrentar dificuldades para serem aprovadas. Entretanto, não há previsão para que as votações ocorram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *