Operação da PF investiga grupo suspeito de fazer operações ilegais em instituições financeiras de câmbio no RS

FONTE: G1RS

A Polícia Federal realizou uma operação, na manhã desta quinta-feira (22), contra um grupo suspeito de fazer operações ilegais em instituições financeiras de câmbio no Rio Grande do Sul, além de praticar lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão, duas ordens de prisão temporária e o bloqueio judicial de bens em Santa Rosa e Campo Novo.

Três pessoas foram presas, uma delas em flagrante por porte ilegal de arma. Foram apreendidos quatro veículos e uma embarcação.

Segundo a PF, grupo investigado agia em Santana do Livramento, na Fronteira do estado, e movimentaria, mensalmente, mais de um milhão de dólares.

Investigação

 

A investigação teve início em junho de 2020 após a apreensão de 123 mil dólares em São Borja, na Fronteira Oeste.

A polícia descobriu que os suspeitos transportavam reais em espécie para o Uruguai, através de Santana do Livramento, e retornavam ao Brasil com dólares, de maneira clandestina. O lucro ilícito era obtido pela diferença de valores do câmbio.

O grupo realizou, em dois meses, movimentações financeiras de mais de dois milhões de dólares para o Uruguai, segundo a investigação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *