Paralisação contra reformas da Previdência e trabalhista afetam serviços no Rio Grande do Sul

FONTE G1
//
A sexta-feira (28) começou com bloqueios em rodovias e avenidas, além da suspensão da circulação de trens e ônibus em Porto Alegre, Região Metropolitana, e em cidades do interior do Rio Grande do Sul.
Os atos fazem parte da mobilização contra as reformas trabalhista e da Previdência, que tramitam no Congresso e são defendidas pelo governo do presidente Michel Temer (PMDB). O protesto foi convocado pelas centrais sindicais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *