Polícia do Rio prende torcedores que planejavam invadir o Maracanã no jogo entre Flamengo e Grêmio pela Libertadores

FONTE: O SUL

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu, na manhã desta terça-feira (22), pelo menos 20 torcedores que planejavam invadir o Maracanã na noite desta quarta-feira (23), quando Flamengo e Grêmio jogam pelas semifinais da Libertadores.

Foram cumpridos mandados de prisão e intimações do Juizado Especial do Torcedor e dos Grandes Eventos para que os suspeitos não se aproximem do estádio. A operação foi deflagrada na capital, Baixada Fluminense, Região dos Lagos, Região Serrana e Grande Rio. Uma pessoa morreu durante a ação em Manguinhos.

A investigação monitorou redes sociais e detectou a movimentação de grupos que estão se preparando para falsificar ingressos, assaltar torcedores e invadir o estádio.

Há áudios dos suspeitos desafiando as forças de segurança em conversas em que planejam esses ataques. Em um dos grupos de troca de mensagens, havia pelo menos 150 pessoas marcando local de encontro para cometer os crimes. Todos são investigados por formação de quadrilha.

Invasão

Em 2017, torcedores rubro-negros invadiram o Maracanã durante a partida do Flamengo contra a equipe argentina Club Atlético Independiente durante a Copa Sul-Americana.

Houve uma confusão generalizada em um dos acessos ao estádio. A Polícia Militar tentou conter os diversos focos de invasões, mas em muitos casos não conseguiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *